sexta-feira, 6 de março de 2009

O AMOR

O AMOR


Para aqueles que amam! Era uma vez uma ilha onde moravam todos os sentimentos. Entre eles, a alegria, a tristeza, a sabedoria e o amor. Mas um dia, foi avisado aos namorados que a ilha iria afundar. Todos os sentimentos se apressaram pegaram os seus barcos e partiram. Só o amor ficou, pois queria se despedir da ilha, antes que ela afundasse. Quando por fim, estava se afogando, o amor começou a pedir ajuda. Nesse momento, estava passando a riqueza em lindo barco e o amor disse: - Riqueza, leva-me com você? - Não posso. Há muito ouro e prata no meu barco. Não há lugar para você. Então, pediu ajuda à vaidade que também vinha passando: - Vaidade, por favor, me ajude! - Não posso ajudar, amor. Você está todo molhado e poderia estragar todo meu barco. Veio passando a tristeza e o amor pediu ajuda: - Tristeza, deixe-me ir com você? - Ah, amor. Estou tão triste que prefiro ir sozinha! Também passou a alegria, mas ela nem viu o amor chamar. - Venha amor, eu levo você!, gritou um velhinho. - O amor logo quis saber quem o salvava! Então, fez a pergunta à sabedoria: - Era o tempo, respondeu ela. - O tempo? Mas, por que o tempo? - Porque somente o tempo é capaz de entender um grande amor.